{Missão Narrada} The Damn Village

Ir em baixo

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

Re: {Missão Narrada} The Damn Village

Mensagem por Dylan S. Kross em Sex Jun 20, 2014 3:07 pm

Damn Village


Movimento. Tudo menos movimento. Dylan odiava quando o acampamento ficava movimentado daquela forma, era horrível para dormir e certamente esta opção podia ser descartada. O dia estava correndo e ele nem em seu própria chalé aguentava ficar devido a tanto barulho e a tanta idiotice das pessoas. Levantou-se e caminhou até o banheiro ainda sem saber o que iria fazer. Talvez treinar! Seria uma boa ideia se não estivesse tão indisposto depois de seu treino contra uma aranha robô bizarra.

Deixando a água percorrer seu rosto, o garoto teve a ideia de dar uma caminhada na floresta. Sabia que poucos campistas iam lá, só assim poderia se ver livre de tanto barulho. Enxugou-se e vestiu-se de uma roupa qualquer saindo de seu chalé em seguida. Sua felicidade durou pouco pois logo foi abordado por um sátiro.

─ Dylan Kross? Direto a Casa Grande. Quíron deseja lhe ver.

Após dar tal notícia, o sátiro continuou andando como se nada houvesse acontecido e indo fazer sabe-se lá o que. Quíron queria o ver, será que ele havia feito algo? Desobedecido uma regra? A piada contra os filhos de Zeus nem fora tão grave assim e o troco que ele aguardava não seria, de forma alguma, um castigo por alguém ter contado ao seu mentor. Com essa dúvida em mente, o garoto foi caminhando em direção a casa grande.

***

O velho centauro estava na varanda sentado em sua cadeira de rodas, o que era bem estranho já que ele geralmente não precisava esconder sua verdadeira identidade dos campistas. Deve ter voltado do mundo mortal a pouco. Pensou Dylan em justificativa a imagem que estava vendo. O jovem subiu as escadas e ficou frente a frente ao seu mentor que, não pareceu ter se agarrado ao silêncio.

─ ... ─ O garoto foi interrompido antes mesmo de começar a falar, ao que pareceu, o centauro havia encontrado as palavras corretas.

─ Os deuses exigem um herói para cuidar de um antigo problema, senhor Dylan, e o seu nome foi sugerido por eles. Lamento dar-lhe esta noticia e não conhecer muitos detalhes da natureza da missão, mas os deuses disseram apenas que fosse enviado para o aeroporto com uma passagem e que eles entrariam em contato para mais informações.

Antes que houvesse protesto ou simplesmente alguma dúvida partida do jovem, o centauro continuou.

─ Seu destino é a Inglaterra, possivelmente algum lugar do interior, mas não sei muito mais do que isso. Argos estará em meia hora na Colina Meio-Sangue lhe esperando para iguar-lhe até o aeroporto, junto com as passagem. Vá o mais bem equipado possível, tenho um mal pressentimento a respeito disto. E que os deuses estejam com você, prole de Hipnos.

Ao terminar de falar, o centauro simplesmente o deu as costas e adentrou na casa grande como se nada houvesse acontecido.

***

A caminhada da casa grande até seu chalé, por mais que houvesse sido lenta, fora inquietante. O garoto não parava, nem por um milésimo de segundo, de pensar em tudo que seu mentor o havia dito. Eram muitas informações para um só semideus e logo ele. Um inexperiente semideus.

Vasculhou seus pertences a procura de algo que lhe fosse útil. Encontrou, por sorte, uma mochila e ali dentro jogou um par extra de roupas, algumas barras de cereal e claro, as armas que iria levar em sua missão. Depois de um tempo decidindo, achou melhor levar a Sloth, Invison, o bracelete que ganhara de sua deusa e o chicote de romãs.

Com a mochila arrumada, Dylan se dirigiu para fora do chalé rumando em direção a colina meio sangue.

***

Como Quíron o havia dito, Argos estava a sua espera. Seus vários olhos deixaram o garoto nervoso, não só por se deparar com tal criatura mas também, por dar uma noção do que o garoto iria enfrentar.

Sem nada dizer, Dylan acompanhou Argos que o levaria até o que seria seu destino.


## words for tag
avatar
Dylan S. Kross

Mensagens : 14
Data de inscrição : 19/06/2014

Ficha Meio-Sangue
Energia:
500/500  (500/500)
Vida:
500/500  (500/500)
Arsenal:

Voltar ao Topo Ir em baixo

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

Re: {Missão Narrada} The Damn Village

Mensagem por Dylan S. Kross em Sab Jun 21, 2014 1:44 pm

Damn Village


Silêncio. Com certeza essa era a palavra que poderia resumir a ida de Dylan e Argos até o aeroporto. Embora tentasse esvaziar a mente, o garoto não conseguia deixar de imaginar as coisas que poderiam acontecer em sua viajem. Não possuía medo da morte e sim, medo de fracassar pois sabia que se fracasso seria o causador da morte que por si só, seria apenas uma consequência. A única coisa diferente do silêncio, fora quando Argos entregou a Dylan algumas libras e o deixou no aeroporto para aguardar seu voo. Libras. O filho de Hipnos já havia se esquecido que iria sair do país. Não só sair do país mas, ir para bem longe de casa.

Seu voo seria às 14h45min, ainda faltavam cerca de vinte minutos, segundo o relógio do aeroporto. Para passar o tempo, o garoto fez algo que muitas pessoas certamente fazem: observou. As pessoas andavam apressadas, falavam ao telefone, gritavam por ter acontecido algo de errado com os serviços, dentre outras coisas que os seres humanos fazem e que Dylan também faria se nada disso houvesse acontecido. Era bom imaginar por um só segundo onde estaria se não fosse um semideus.

Quando resolveu olhar o relógio novamente, percebeu que já estava na hora de embarcar. Dessa forma, seguiu para sua aeronave.

***

Dentro do avião, Dylan se pegou em uma situação bastante familiar para ele: o sono. Já acostumado com tal, o garoto apenas se entregou e acabou adormecendo.

Diferente de todos os sonhos que ele já tivera, aquele estava macabro, mais para um pesadelo. Por onde quer que olhasse, tinha a sensação de vazio e de escuro, embora a luz não fosse ausente. Havia um cheiro muito forte que o estava afetando, um cheiro que ele associou a coisas podres e em decomposição. O que mais o assustava era o som de correntes pelo chão, pessoas sendo arrastadas e... Gritos. Fossem lá de agonia, desespero ou descrença. Eram gritos dos mais brutais possíveis, daqueles que não saem da garganta e sim das entranhas.

─ Não posso me demorar... Seu destino é Lake District, Campeão. Lamento estarmos lhe enviando para essa missão ainda tão sem preparo. Quando chegar lá, haverá uma pessoa para lhe explicar melhor o que precisará fazer. ─ A voz o assustara mas também o reconfortara. Era Hera e o trouxera um aviso. O garoto engoliu a seco e assentiu lentamente ao mesmo tempo que tudo mudava de forma voltando aos seus sonhos já conhecidos e agradáveis.

***

Chegando no Reino Unido, o garoto se perguntava como iria conseguir atravessar o país. Seria pouco provável alguém, mesmo de boa vontade, o levar de carro. E um táxi seria sua única opção já que havia acabado de chegar... Táxi, ele pensou. Porque não chamar o táxi das irmãs cinzentas? Obviamente não seria a melhor escolha, mas seria relativamente rápido e mais barato. Com este pensamento, o garoto assim fez o planejado.

***

Após horas de discussão e velocidade acima dos limites, ele conseguiu chegar ao destino. E que destino, foi a primeira coisa que passou pela cabeça do garoto. Mais parecia um daqueles filmes românticos típicos da Disney.

Quando voltou a si, percebeu a presença de uma garota. Ela era mais baixa que ele, possuía cabelos em tom de cobre e olhos absurdamente verdes. Ela se manteve a uma certa distancia mas, pouco depois resolveu aproximar-se. Estava vestida com roupas que lembravam camponeses da época feudal, ou pelo menos foi isso que Dylan achara, nunca fora muito bom em história.

─ Eis o enviado da senhora? ─ A garota perguntou. Que raios de sotaque era aquele? Dylan não se recordava de ouvir ninguém falando assim, pelo menos não pessoalmente. ─ A ordem foi para que lhe levasse até... Até... Até aquele lugar. É um lugar maldito! Várias mortes... Eles trouxeram a desgraça para minha família... Eles... Eles...

Era difícil demais para ela falar, em pouco ela já havia começado a chorar. Com um sentimento horrível dentro do peito, o garoto sabia que tinha de fazer algo para a garota. Mas não sabia o que, ela também não lhe falara nada de concreto e ele precisava de respostas.

Decidiu agachar-se próximo a ela. Tendo feito isso, agora podia olhar nos olhos dela e ver o quanto de tristeza a ruiva carregava. Com seu indicador, ele limpou as lágrimas que escorriam por suas bochechas e com a voz fraca, mas tranquila tentou acalmar-lhe:

─ Não chores... Sei que é difícil mas também prometo tentar fazer isso parar. Seja lá o que for, eu juro que tentarei. Você nunca mais vai precisar chorar, ok? ─ O garoto, agora com a visão turva, deu um forte abraço naquela garota confortando-a. Quando sentiu que ela estava mais tranquila, a soltou e sorriu esperando ter ajudado em alguma coisa.


## words for tag
avatar
Dylan S. Kross

Mensagens : 14
Data de inscrição : 19/06/2014

Ficha Meio-Sangue
Energia:
500/500  (500/500)
Vida:
500/500  (500/500)
Arsenal:

Voltar ao Topo Ir em baixo

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

Re: {Missão Narrada} The Damn Village

Mensagem por Dylan S. Kross em Qua Jun 25, 2014 11:06 am

Damn Village


A garota pareceu acalmar-se com as palavras do semideus, isso seria bom ou pelo menos era assim que ele pensava. A garota então, começou a falar sobre o tal vilarejo e o que o garoto iria encontrar por lá.

─ Existe um vilarejo afastado daqui onde estamos... Ele está inabitado a anos e existem monstros e pessoas que deveriam estar mortas lá. Um ritual deu errado e agora o ambiente é amaldiçoado. Você foi enviado para resolver esse problema. ─ Aquilo realmente seria um problema... Será que Dylan estaria preparado para isso?

A garota fungou e pôs as mãos em seu rosto, tentando ocultar parte dele, era realmente difícil para ela falar. O semideus não a julgou, também estaria assim caso houvesse acontecido com ele.

─ Não posso guia-lo até lá, mas te ajudarei sempre quando puder. Pegue a estrada até a floresta. Lá, siga reto por cinco levas de arvores e depois vire para a esquerda e continue. Você chegará a vila... ─ Ela falou por último antes de tremular e sair correndo.

─ Espera! ─ O garoto falou, mas a garota não olhou para trás.

***

A estrada da floresta era escura, completamente escura. No inicio, Dylan até que conseguiu caminhar tranquilo como se fosse a chapeuzinho vermelho levando doces para sua avó mas após um tempo o garoto começou a sentir calafrios subindo por sua espinha além de vez ou outra ouvir galhos se quebrando atrás dele e até mesmo passos, fossem lentos, pesados ou até mesmo rápidos como se alguém estivesse correndo. Porém, quando se virava em alerta com sua espada na mão, podia ver que não era nada além de um vulto ou outro. Bastaram três levas de árvores para o garoto estar ofegante e assustado o suficiente para olhar psicoticamente em todas direções a cada passo. Parecia que quanto mais se aproximava, mais macabro ia ficando o seu caminho.

Cinco levas depois do encontro com a garota, ele virou a esquerda como ordenado e continuou sua caminhada psicótica olhando direto para as árvores que se passavam e ouvindo cada vez mais barulhos pelo meio da floresta. O garoto estava completamente assustado quando a viu.


## words for tag
avatar
Dylan S. Kross

Mensagens : 14
Data de inscrição : 19/06/2014

Ficha Meio-Sangue
Energia:
500/500  (500/500)
Vida:
500/500  (500/500)
Arsenal:

Voltar ao Topo Ir em baixo

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

Re: {Missão Narrada} The Damn Village

Mensagem por Dylan S. Kross em Qui Jun 26, 2014 6:47 pm

Damn Village


Aquele tal vilarejo lembrava ao pequeno Dylan um daqueles filmes em que o mundo é dominado por zumbis ou vampiros. Ele se sentia só, não só porque estava mas por sentir um sentimento de frio e vazio dentro de seu peito. O local era um deposito. Casas abandonadas e caindo aos pedaços, manchas de sangue por elas e podridão. Aquilo o lembrava podridão.

Ainda hesitante, o garoto c omeçou a adentrar o local cautelozamente. Sua cautela de nada serviu. Gritos de agonia e rancor começaram a ecoar novamente na mente de Dylan, assim como em seu sonho só que agora, sendo real.

Com alguns passos a mais, ele viu um poço e em cima da beirada, pôde observar um embrulho com uma mensagem.

"Abandone toda a esperança, vós que escolheis aqui entrar! O que vos aguarda é um mal além da imaginação. Sereis capaz de sobreviver aos horrores do Vilarejo Esquecido?"

O garoto ficou apenas mais receoso do que antes, mas não poderia parar agora, fora designado para isso e deveria imaginar que iriam acontecer coisas assim, ou até piores.

Ainda de olho no embrulho, Dylan encontrou um pedaço de ambrósia, quem será que havia deixado aquilo para ele? Poderia ser uma pegadinha. O garoto olhou a sua volta nervoso esperando que algo acontecesse a qualquer momento.


## words for tag
avatar
Dylan S. Kross

Mensagens : 14
Data de inscrição : 19/06/2014

Ficha Meio-Sangue
Energia:
500/500  (500/500)
Vida:
500/500  (500/500)
Arsenal:

Voltar ao Topo Ir em baixo

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

Re: {Missão Narrada} The Damn Village

Mensagem por Dylan S. Kross em Seg Jun 30, 2014 10:15 am

Damn Village


A prole de Hipnos tentava ao máximo encontrar algo que pudesse levá-lo a alguma pista ou coisa do tipo, mas parecia realmente abandonado ou, na pior das hipoteses, bem encoberto. O garoto ainda estava revirando parte dos escombros, sendo cuidadoso sempre, quando vislumbrou de relance, um grupo de pessoas armadas caminhando pouco longe dali. Era estranho, o garoto percebeu, não faziam barulho algum e quando focou neles, não via a leve fumaça que deveria sair de suas bocas.

Decidiu então, esconder-se e tentar segui-los. Se aquelas coisas o vissem, talez se metesse em apuros, afinal de contas, não eram poucos.

Tentou chegar perto deles, se escondendo atrás de pedras caídas e de algumas árvores que cercavam a área.

As pessoas agora estavam próximas e ele pôde ver que havia um que de estranho nelas mas, ainda não sabia o que poderia ser isso apenas algo não estava certo.
## words for tag
avatar
Dylan S. Kross

Mensagens : 14
Data de inscrição : 19/06/2014

Ficha Meio-Sangue
Energia:
500/500  (500/500)
Vida:
500/500  (500/500)
Arsenal:

Voltar ao Topo Ir em baixo

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

Re: {Missão Narrada} The Damn Village

Mensagem por Dylan S. Kross em Qui Jul 03, 2014 2:22 pm

Damn Village


Em vão. A prole de Hipnos mal podia acreditar que havia seguido aquelas criaturas bizarras para absolutamente nada. Em frustração o garoto deu um grito sombrio e gutural para acompanhar a risada que parecia zombar dele.

- MUITO ENGRAÇADO! ESTOU BOLANDO DE RIR! - O garoto falou e forçou uma risada fria e surda. Totalmente forçada.

Deu um chute no chão fazendo aquele levantar poeira e olhou novamente na direção dos que haviam sumido a pouco, na esperança de que pelo menos um voltasse. Não aconteceu. Suspirou e continuou andando na mesma direção lentamente.

Então, quando passou por uma das primeiras casas teve a brilhante ideia de entrar. Seguiu pela calçada, pela varanda que estava arrebentada e bateu na porta. Ninguém a abriu ou respondeu. Então, o garoto simplesmente a abriu para explorar.
## words for tag
avatar
Dylan S. Kross

Mensagens : 14
Data de inscrição : 19/06/2014

Ficha Meio-Sangue
Energia:
500/500  (500/500)
Vida:
500/500  (500/500)
Arsenal:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Missão Narrada} The Damn Village

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum